Tocando agora...

Title

Artist

Background

5 faixas para conhecer East End Dubs, DJ que vem ao Brasil em novembro

Postado por: on 11 de novembro de 2019


Em alta, o artista britânico vai se apresentar no Clube Inbox, em passagem única pelo Brasil. Poucas entrevistas online. Biografia no Resident Advisor? Nada disso. Quem sabe algo no Facebook? Também não. Sabe-se pouco sobre a história do projeto britânico East End Dubs. Não que seja um mistério total — parece ser mais uma opção por dar ênfase à sua música do que propriamente detalhes de sua vida pessoal e profissional.

Em um bate-papo com Andrew Leese, do portal Trommel, ele deu a entender justamente isso: “Eu acredito que a mídia social é muito importante hoje em dia. É quase impossível evitá-la, mas prefiro não gastar um tempo valioso nisso. Prefiro colocar minha mente e alma na música”. Prova disso é que seu próprio nome de batismo não é integralmente revelado, sendo conhecido apenas como Chase.

Fazendo algumas pesquisas, ficamos sabendo que o cara gosta de colecionar vinis e que é fissurado em hardwares. Seu home studio é dividido em duas partes: uma focada na discotecagem, outra com equipamentos de produção musical — muitos deles. O espaço foi remodelado em 2015 e hoje conta com vários sintetizadores, uns equipamentos modulares e baterias eletrônicas.

O projeto existe há cerca de sete anos, mas ainda assim ele afirmou que está melhorando seu som: “Um dos meus maiores desafios era criar algo que eu gostasse de tocar e produzir. Eu consegui isso depois de passar dezenas de milhares de noites sem dormir no meu estúdio, mas ainda estou evoluindo. Esse desafio nunca vai acabar”, disse, na mesma entrevista ao Trommel.

No passado, o britânico já foi residente de dois clubs londrinos, The Cross e Turnmills, e conectados ao seu perfil artístico, existem três gravadoras gerenciadas por ele: uma com seu mesmo alter ego, East End Dubs, outra batizada de Eastenderz e um projeto mais recente nomeado Social — contraditório com sua realidade?

Ele já havia passado pelo Brasil em setembro de 2017, e no dia 14 de novembro, retorna ao país para passagem única pelo Clube Inbox, em Curitiba, na festa de 5 anos no núcleo Laguna, que conta ainda com PETRI, Bonato e Thariel no lineup. Abaixo, você pode conferir algumas de suas maiores produções até o momento:

East End Dubs – bRave

Lançada no finalzinho de agosto pela Fuse London, essa tem sido uma track bem presente tanto nos seus DJ sets como de outros artistas. Jamie Jones tocou ela no Hideout Festival, assim como Darius Syrossian em um B2B com Sidney Charles, na elrow Catania.

East End Dubs – Unknown A2

Faixa lançada em 2014, mas com uma sonoridade bem atual. Saiu pela label homônima que comentamos acima, sendo o terceiro release da gravadora. Simplicidade, elegância e muita destreza do produtor que encantou até mesmo Richie Hawtin.

9th House – Zodiac (East End Dubs Remix)

Track para mostrar que ele também manda bem na posição de remixer. Lançada em maio deste ano pela Hottrax, gravadora de Jamie Jones.

East End Dubs – Argo

Voltamos ainda mais no tempo; estamos em 2013. O EP Argo foi assinado pela Metroline Limited com três faixas originais e um remix — músicas com batidas macias girando em torno de 120 BPM a 124 BPM. Mais um lançamento cirúrgico do produtor que recebeu suportes de Nick Curly, Bushwacka!, Davide Squillace, tINI e outros.

East End Dubs – Acid Roll

Fechamos a lista com uma das tracks de seu lançamento mais recente, o EP Rhythm 494, também lançado pela Hottrax. Música de pista, para dançar, suar e liberar toda sua energia junto com a percussão envolvente e oscilante da faixa.

Fonte: PHOUSE/Marllon Gauche é colaborador da Phouse.


Reader's opinions

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *